Participe do Blog Pensando Alto!

1 de outubro de 2010

A INDEPENDÊNCIA DA AMERICA DO NORTE (4 de julho de 1776)

A independência dos EUA foi um dos frutos do Iluminismo. Dia 4 de julho, é o dia em que é comemorada a independência da América do Norte. Você sabe o por quê?

No século XVIII, a América do Norte estava sobre o poder da Inglaterra. O sul era colônia de exploração, e o norte era uma colônia de povoamento. A Inglaterra não se importava com os colonos americanos e não cobrava impostos. Foi aí, que a colônia de povoamento, em especial os colonos do norte começaram a se tornar concorrentes no comércio de manufaturas dos ingleses. Além disso, a Inglaterra havia lutado na Guerra dos Sete Anos (1756/1763) contra a França. Porém mesmo saindo vitoriosa, a Inglaterra mergulhou em uma grave crise econômica. Os ingleses necessitavam de dinheiro para sair da crise do pós-guerra. Um dos caminhos era utilizar os lucros da colônia, afinal, a Inglaterra era a metrópole, o que determinou uma cobrança severa de impostos como alternativa de contornar a situação econômica. Na primeira taxa enviada pela metrópole os colonos foram proibidos de avançar nos territórios indígenas. Os colonos se revoltaram, e esse acontecimento impulsionou a idéia de se tornar independente e cortar os laços com os ingleses definitivamente. Os ingleses impuseram a Lei do Açúcar, onde, os impostos sob o açúcar, vinho, café, seda e roupas, nos portos de Boston foram aumentados. Os colonos tentaram impedir, mas não adiantou. Em seguida foi decretada a Lei do Selo, que determinava a todos os jornais, contratos e correspondências que circulavam na América do Norte, o selo do governo inglês. Dessa vez os norte-americanos foram violentos. Eles queimaram a casa onde ficavam os selos e criaram o lema: “sem representação não pode haver tributação”. E deixaram claro que se recusavam a pagar impostos, dos quais não foram consultados. A perda da autonomia, somada aos ideais iluministas impulsionaram a Revolução Americana! A Inglaterra acabou revogando a Lei do Selo. Mas impôs outra sobre o vidro, chumbo, tintas, papel e chá. Essa lei se chamava “Atos Townshend”. A reação veio rápido, 150 colonos se disfarçaram de indígenas, e invadiram três navios de chá que estavam no porto de Boston. Os colonos jogaram todo o chá no mar. Esse episódio ficou conhecido como a “Festa do Chá de Boston”. O porto de Boston foi fechado até que os colonos pagassem o prejuízo que causaram com o derramamento de chá. A Inglaterra decretou que, os colonos envolvidos seriam julgados pelo tribunal inglês, mas a resposta aos ingleses veio de outra forma. Os colonos fizeram uma reunião para escrever um documento para o rei da Inglaterra, pontuando a importância da autonomia e da liberdade como alicerce de um direito natural, o que lhes garantia o direito de romper as relações com a Inglaterra quando quisessem. A Inglaterra respondeu aumentando o número de soldados na colônia. Os ingleses tentaram destruir um depósito de armas dos colonos e a guerra pela independência teve inicio. Em 4 de julho de 1776 foi declarada a independência da América do Norte! A primeira colônia a se tornar independente da América.

TEXTO ESCRITO PELA ALUNA ISABELLA ZURKIN. 8º ANO ESCOLA BEIT MENACHEM

3 comentários:

Igor disse...

excelente

FFAELA disse...

MARAVILHOSO TEXTO.BRIGADÃO.BJS

Pinguim Tonto disse...

Agradeço