Participe do Blog Pensando Alto!

14 de agosto de 2011

GREVE COLÉGIO PEDRO II: LUTA PELA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE!

Uma greve não se julga apenas pela paralisação. A greve é um instrumento histórico de luta e mobilização dos trabalhadores por direitos. Por isso, torna-se necessário analisarmos a decisão coletiva tomada pelo conjunto de professores e funcionários do Colégio Pedro II, apoiados pelo grêmio estudantil, que somaram 450 pessoas presentes na assembléia realizada quarta-feira (10/08), onde optaram pela greve em tempo indeterminado, que terá inicio nesta segunda-feira (15/08).

O movimento de mobilização justifica uma luta pelo reajuste do salário dos servidores de 14,77%, pela abertura de concurso para professores efetivos e contra a PL549 voltada pelo congelamento do salário dos servidores, que estão sem reajuste há cinco anos! Tais medidas emergenciais somam-se a um movimento das intuições federais de educação, que estão procurando pressionar o governo Dilma a não apenas investir, mas tornar a educação a pauta principal do governo.

A paralisação dos profissionais da educação não está voltada só por melhores condições de trabalho. Lutamos pela educação pública de qualidade, contra o sucateamento e privatização de nossas instituições! Se a educação é um direito e uma necessidade que não pode parar, o Blog Pensando Alto está integrado em atividades pedagógicas durante a greve, e junto aos alunos utilizaremos a tecnologia para nos comunicarmos.

Neste movimento de luta, solicitamos o apoio de pais, alunos e da sociedade a uma causa que não é só dos servidores. Pressionar o governo por melhores condições de trabalho e pela educação é uma luta de todos!

Segue abaixo o cronograma de atividade do sindicato durante a paralisação divulgado pelo SINDISCOPE - Sindicato de Servidores do Colégio Pedro II:

· 15 de agosto (2ª feira) – os servidores de cada unidade escolar poderão realizar atividade de greve (reunião para discussão da pauta de reivindicações);

· 16 de agosto (3ª feira) – os servidores de cada unidade escolar decidirão por realizar reuniões com os pais e alunos para esclarecimentos da greve. Ao final dessas reuniões poderão ocorrer atos públicos na porta de cada unidade onde as mesmas forem realizadas. As organizações dessas atividades serão a partir dos servidores das respectivas unidades, cabendo ao SINDSCOPE proporcionar toda infraestrutura para sua realização;

· 17 de agosto (4ª feira) – aula pública, na praça em frente à Unidade Centro, a partir das 13 horas;

· 18 de agosto (5ª feira) – assembléia de avaliação do movimento, às 09 horas, com o debate nesta assembléia sobre atividades ou excepcionalidades da greve, bem como os destaques à pauta de reivindicações apresentados na assembléia do dia 10 de agosto.

· Além da assembléia, estaremos participando de passeata no Centro (concentração na Candelária), a partir das 17 horas, acompanhando a jornada nacional de lutas.

· 20 de agosto (sábado) – plenária nacional do SINASEFE – Sindicato Nacional dos Servidores Federais, em Brasília;

· 24 de agosto (4ª feira) – marcha a Brasília, pela jornada nacional de lutas.

Acompanhe opiniões e o andamento da greve pelos sites:

Colégio Pedro II: www.cp2.g12.br

SINDISCOPE: http://sindscope1.wordpress.com

Blog dos Responsáveis do Colégio Pedro II:

http://apascp2.blogspot.com/2007/06/blog-post.html

3 comentários:

Anônimo disse...

Eu recentemente iniciou um blog, os dados que você fornece neste site me ajudou tremendamente. Obrigado pelo seu tempo inteiro e trabalho.

Neto Mota disse...

Isso mesmo, é só nos unindo que poderemos fazer alguma coisa pra mudar.As discussões são inúmeras e os problemas são tantos que não podemos mais ficarmos de braços cruzados,esperando que um dia vai mudar,ou dar força á discursos como "calma gente,está melhorando, já foi pior". Não podemos mais colocar a situação da educação brasileira como uma fatalidade!!!
A mudança depende de cada um de nós!!!
http://professormotaneto.blogspot.com/

Neto Mota disse...

Isso mesmo, é só nos unindo que poderemos fazer alguma coisa pra mudar.As discussões são inúmeras e os problemas são tantos que não podemos mais ficarmos de braços cruzados,esperando que um dia vai mudar,ou dar força á discursos como "calma gente,está melhorando, já foi pior". Não podemos mais colocar a situação da educação brasileira como uma fatalidade!!!
A mudança depende de cada um de nós!!!
http://professormotaneto.blogspot.com/