Participe do Blog Pensando Alto!

28 de maio de 2008

O Pessach. Texto e desenho do aluno Moshe Berkes do 6º ano da Escola Beit Menachem

A palavra Pessach significa pulo, ou seja, quando D’us foi matar os primogênitos pulou a casa dos judeus. Um dia antes do Pessach, à noite, nós fazemos a procura do chamet (fermento). Omo isso é feito? Nós pegamos 10 pães duros e colocamos dentro de um saquinho e escondemos pela casa. Depois são pegos uma colher de madeira, uma vela e uma saco. Ascendemos a vela e fazemos uma benção para começar a procurar pela casa os chamets. No outro dia de manhã é queimado o chamet e nós fazemos uma outra benção. Os elementos do seder de Pessach – o que se come durante o Pessach: nós temos a Matsá que lembra o pão que os judeus fizeram antes de sair do Egito e que não deu tempo de fermentar. A Agadá é um livro que conta toda a história da saída dos judeus do Egito. Nós temos quatro copos de vinho que significam as quatro linguagens de redenção. Á mesa se organizam: três Matsá, um ovo que é comido,um pescoço de galinha tostado que não é comido, duas raízes fortes com erva amarga que nos lembra o trabalho pesado que os judeus fizeram, uma pasta de nozes, uma cebola ou batata, frutas e vinho. Todas as comidas lembram o sacrifício da escravidão.

Um comentário:

pensando alto disse...

gostei muito! moshe berkes